SPORTS AND LEISURE | WESLEY D'AMICO - A ARTE MILIMTRICA | SHANTIBADI POTRIKA 

Eduardo Ruman (In Memoriam)
Diretor-Presidente
Administrativo e Empreendedor
Denise Ruman
MTB - 0086489
JORNALISTA RESPONSÁVEL
The Biggest and Best International Newspaper for World Peace
BRANCH OFFICE OF THE NEWSPAPER "PACIFIST JOURNAL" in BANGLADESH
Founder, President And International General Chief-Director / Founder, President And International General Chief-Director :  Denise Ruman - MTB: 0086489 / SP-BRAZIL
Local Chief-Director - Bangladesh / Local Chief-Director - Bangladesh :  Mohammad Monerul Ahasan
Mentor of the Newspaper / Mentor of the Newspaper  :  José Cardoso Salvador (in memoriam)
Mentor-Director / Mentor-Director  :  Mahavátar Babají (in memoriam)

Esportes e Lazer / 26/03/2016

WESLEY D'AMICO - A ARTE MILIMÉTRICA

WESLEY D'AMICO - A ARTE MILIMÉTRICA

0 votes
WESLEY D'AMICO - A ARTE MILIMÉTRICA

Fonte WESLEY D'AMICO - A ARTE MILIMÉTRICA
Artista produz quadros milimétricos
Nanoarte: com o trabalho, ele pretende entrar no Guinness Book — World Records

Artista produz quadros milimétricos
Foto: Divulgação
Por meio de uma lupa, agulha de ponta extrafina, papel cartão e tinta óleo, o mecânico Wesley D’Amico, de Mombuca, artista plástico nas horas vagas, criou um quadro artístico da bandeira do Brasil no tamanho de 0,7 milímetro com a moldura de 1,3 milímetro.

Segundo ele, provavelmente, essa seja a menor reprodução da bandeira brasileira no mundo, por isso pretende entrar no Guinness Book — World Records, o livro dos recordes, e no RankBrasil.

A sugestão da matéria ao JP foi indicada por meio da página do Facebook (www.facebook.com/jpjornal).

Segundo D’Amico, a ideia surgiu pela vontade de querer renovar seus trabalhos artísticos. “Trabalho com artes plásticas desde 2005 e fiquei sem ideias. Fiz em duas semanas um curso de joalheria e tive a ideia de produzir quadros como se fossem uma joia”, explicou.

A vontade de a cada tentativa fazer um quadro menor foi surgindo com o desafio de ver até onde conseguiria chegar com a ideia.

“Peguei uma plaquinha de metal e então o resultado ficou interessante. Fui diminuindo e testando. Tive que usar a minha própria serra para fazer a moldura e os acabamentos. Depois de 20 tentativas, consegui um resultado legal, foi um milagre algo tão minúsculo ‘dar vida’”, afirmou.

Ele também relatou o momento de dar o toque final na bandeira. “Era tão pequena e tão perfeita que fiquei com medo de errar”, explicou.

D’Amico acredita que o seu trabalho deve ser reconhecido pelo Guinness Book e que não exista reprodução tão pequena quanto a dele.

“Em relação ao Guinness ou a galerias, eles possuem critérios rigorosos para poder surgir o interesse de conhecerem o trabalho”, disse.

Como artista plástico, ele também realiza pinturas abstratas e paisagens no mesmo modelo.

TRABALHOS — Wesley D’Amico desenvolveu diversos trabalhos diferentes durante sua carreira, entre eles, Labirinto, “uma arte geométrica simbólica de formatos inexistentes”.

Em seguida, o trabalho MosBor, um mosaico de fotos com borboletas desfragmentadas que revelam imagens impactantes e também a arte com chamas, que, segundo ele, foi criada por um acaso ao observar e criar um “fim” para os retalhos de madeira que eram jogados e queimados.

“Um dia empilhei na bancada e vi que ficaram muito bom e como eu os queimava, fixei para ficarem sobrepostos e coloquei fogo, assim pude registrar o que não mais existe. O fogo tem um efeito único em cada ‘click’, e sempre terei um foto única”, explicou.

Comentários
0 comentários


  • Enviar Comentário
    Para Enviar Comentários é Necessário estar Logado.
    Clique Aqui para Entrar ou Clique Aqui para se Cadastrar.


Ainda não Foram Enviados Comentários!


Copyright 2020 - Jornal Pacifista - All rights reserved. powered by WEB4BUSINESS

Inglês Português Frances Italiano Alemão Espanhol Árabe Bengali Urdu Esperanto Croata Chinês Coreano Grego Hebraico Japonês Hungaro Latim Persa Polonês Romeno Vietnamita Swedish Thai Czech Hindi Você